Somos mais de 40.000 trabalhadores prestando serviços no Comércio Varejista, Atacadista, Farmácias, Cooperativas, Concessionárias de Veículos, Material Ótico, Assessoramento, Perícias, Pesquisas e em Contabilidades, abrangendo os municípios de Ascurra, Apiúna, Benedito Novo, Blumenau, Doutor Pedrinho, Gaspar, Indaial, Pomerode, Rio dos Cedros, Rodeio e Timbó.
O conjunto destes trabalhadores forma nossa Categoria, que por sua vez, constitui nosso SINDICATO.

Novo valor do salário mínimo nacional já está em vigor

O Governo Federal confirmou o valor de R$ 1.412 para o novo salário-mínimo deste ano. O valor — que representa uma alta de 6,97% em comparação aos R$ 1.320 de 2023 — entrou em vigor em 1º de janeiro e já está sendo pago a trabalhadores, aposentados, pensionistas e pessoas que recebem benefícios de auxílio-doença ou de prestação continuada (BPC).

O cálculo feito pelo Grupo de Trabalho de Valorização do Salário Mínimo considera a variação da inflação do ano anterior, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), e o crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores.

Com efeito, o novo valor inclui a inflação em 12 meses (até novembro) de 3,85% e mais três pontos percentuais (ganho real) relativos à expansão do PIB em 2022.

IMPORTÂNCIA DO SINDICATO PARA AUMENTO SALARIAL

Você sabia que o reajuste anual de sua categoria só existe em virtude da negociação do sindicato dos trabalhadores com o sindicato patronal?

Pois é, apenas através da negociação entre os sindicatos (dos trabalhadores e das empresas) é possível garantir o aumento de salário anual. E a negociação coletiva, como qualquer outra negociação, depende de força para maiores conquistas e essa força está na participação dos trabalhadores, principalmente na associação.

Para o sindicato desempenhar seu papel, é imprescindível o apoio dos trabalhadores, que são os grandes beneficiados com as atividades e as lutas da entidade.

A união dos sindicatos e trabalhadores de determinada classe faz com que toda a categoria se fortaleça e seja mais organizada.

Somente organizados em suas respectivas entidades representativas os trabalhadores se tornam fortes o suficiente para articular negociações objetivando o atendimento de suas demandas coletivas, inclusive o aumento salarial.

Então, o que está esperando? Entre em contato agora mesmo e fortaleça a sua categoria!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 2 =