Somos mais de 40.000 trabalhadores prestando serviços no Comércio Varejista, Atacadista, Farmácias, Cooperativas, Concessionárias de Veículos, Material Ótico, Assessoramento, Perícias, Pesquisas e em Contabilidades, abrangendo os municípios de Ascurra, Apiúna, Benedito Novo, Blumenau, Doutor Pedrinho, Gaspar, Indaial, Pomerode, Rio dos Cedros, Rodeio e Timbó.
O conjunto destes trabalhadores forma nossa Categoria, que por sua vez, constitui nosso SINDICATO.

BRASILEIROS A FAVOR DA COMUNIDADE YANOMAMI – 88% DE USUÁRIOS DA INTERNET APROVAM AÇÕES EM DEFESA DOS YANOMAMIS – SAIBA COMO AJUDAR

Em análise realizada pela agência de análise de dados e mídia “.MAP”, com mais de 5 milhões de publicações, 88% dos internautas que têm perfis nas redes sociais Twitter e Facebook aprovam as ações em defesa do povo Yanomami.

O atual Governo classificou como desumana a situação dos povos originários após visitar suas terras no estado de Roraima.

Dentre as ações em defesa do povo Yanomami destacamos a decretação de estado de emergência para, “planejar, organizar, coordenar e controlar as medidas a serem empregadas” no sentido de reverter as consequências cruéis da falta de assistência sanitária dessa população, a determinação do STF para a investigação de possível prática dos crimes de genocídio de indígenas e de desobediência de decisões judiciais por parte de autoridades do governo anterior (do ex-presidente Bolsonaro)e, ainda, o decreto que autoriza a Aeronáutica a controlar o espaço aéreo sobre o território indígena Yanomami, em Roraima.

 

SAIBA COMO AJUDAR

Diante de tão grave situação a população brasileira tem buscado de diversas formas ajudar esse povo que está no território desde antes da colonização. O Governo Federal está disponibilizando um link para que interessados possam se inscrever como voluntários da Força Nacional do SUS. Para se inscrever basta clicar aqui e informar o nome completo e área de formação.

Além do voluntariado profissional, os interessados também podem ajudar com doações em portais confiáveis. O Sindicato disponibiliza abaixo dois deles:

A primeira é a ONG Ação da Cidadania. Para contribuir basta acessar o site SOS Yanomami  e clicar em doe já!”. A pessoa pode escolher o meio de pagamento da doação: Pix, boleto ou cartão.

Outra organização é a Central Única das Favelas (CUFA). Para doar basta acessar a página e clicar em “Fazer contribuição”, ou ainda, pode clicar aqui. A CUFA colocou como meta inicial de arrecadação o valor de R$ 100 mil e esse valor já foi ultrapassado, confirmando o apoio da população brasileira a uma causa tão importante.

Além disso, no final de semana seguinte à visita do Presidente, a Força Aérea Brasileira (FAB) transportou para a Terra Indígena Yanomami cerca de 5 mil cestas básicas adquiridas por meio da parceria entre o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Funai, Ministério dos Povos Indígenas, Ministério da Saúde e Forças Armadas.

 

E você, aprova as ações em defesa do povo Yanomami? Contribua! As doações podem ser de qualquer valor (inclusive centavos), faça sua parte!

Juntos somos mais fortes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 11 =